sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Três Reportagens Sobre a Quimica


1° Reportagem: Explosão de tanque mata 2 operários em usina de Guarulhos

SÃO PAULO - A explosão de um tanque de ácido clorídrico deixou dois operários mortos e pelo menos outros cinco funcionários intoxicados em uma usina de Guarulhos, na Grande São Paulo. Quatro bombeiros que participaram da operação também precisaram ser socorridos, depois de passarem muito tempo inalando fumaça tóxica.
O acidente aconteceu por volta do meio-dia, na fábrica da Usiquímica, no bairro de Cumbica. Estima-se que cem pessoas estivessem no local no momento da explosão. Até o início da noite de ontem, a indústria não havia se manifestado nem informado o motivo da explosão.
Segundo o Corpo de Bombeiros, 45 homens, em 15 viaturas, participaram da operação. A Rua da Lagoa, na altura do número 400, onde fica a fábrica, precisou ser interditada. A Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) também foi acionada e iniciou uma investigação para apurar as causas da explosão.
Inaugurada em 1943, a empresa fabrica produtos químicos usados geralmente no setor de metalurgia, como amônia e soda cáustica, além de ácido clorídrico. Tóxico e corrosivo, o contato com esse produto pode causar queimaduras à pele e, se ingerido ou inalado, pode levar à morte.
Socorro. As vítimas chegaram a ser socorridas a hospitais de Guarulhos e de São Paulo, mas não resistiram aos ferimentos. Segundo a prefeitura, um dos operários sofreu uma parada cardiorrespiratória.
Dia da Reportagem: 06/09/2012

2° Reportagem:  Reação química provoca alerta de incêndio em usina nuclear na França


Um acidente químico em uma usina de energia nuclear de Fessenheim, no leste da França, provocou um breve alerta de incêndio e feriu algumas pessoas, informou o governo local e autoridades do serviço de combate a incêndios.
Segundo as autoridades, o incidente foi desencadeado por uma reação química involuntária e o problema foi rapidamente controlado.
A fornecedora de energia francesa EDF, que opera a usina, disse que houve um vazamento de vapor mas negou informações iniciais dos bombeiros de que havia acontecido um incêndio.
"Não houve fogo", disse uma porta-voz da EDF. "Vazou vapor durante uma operação de manutenção, o que ativou o alarme de incêndio", afirmou ela, acrescentando que o incidente feriu dois funcionários da EDF.
Fessenheim, a usina nuclear mais antiga da França, tem dois reatores que entraram em serviço nos anos 1970.
Dia da Reportagem: 05/09/2012

3° Reportagem: Trabalho sobre receptores das células ganha o Nobel de Química


Dois cientistas norte-americanos ganharam o Prêmio Nobel de Química de 2010 por mostrarem como as células do corpo respondem a estímulos, como por exemplo uma injeção de adrenalina, um trabalho que pode ajudar no desenvolvimento de remédios mais eficientes, anunciou o comitê da premiação nesta quarta-feira.
A Academia Real Sueca de Ciências disse que o prêmio de 1,2 milhão de dólares foi para Robert Lefkowitz e Brian Kobilka pela descoberta do trabalho dos receptores acoplados à proteína G, que são as entradas das células para reagir com mensagens químicas.
"Cerca de metade de todos os medicamentes agem através desses receptores, entre eles os beta bloqueadores, anti-histamínicos e vários tipos de medicamentos psiquiátricos", disse o comitê.
Descobrir melhores formas de alcançar os receptores é uma área de extrema importância para as indústrias farmacêutica e de biotecnologia.
Lefkowitz disse, numa entrevista coletiva por telefone, que estava dormindo quando recebeu o telefonema da Suécia.
"Eu não escutei. Preciso confessar que eu durmo com protetor de ouvido para dormir. Então minha mulher me deu uma cotovelada. Foi assim, surpresa e choque total", disse.
Sven Lidin, professor de química inorgânica na Universidade Lund e presidente do comitê, disse em entrevista coletiva que a descoberta foi fundamental no desenvolvimento de pesquisas médicas.
"Saber o que eles (os receptores) parecem e como eles funcionam vai nos fornecer as ferramentas para fazer remédios com menos efeitos colaterais", afirmou.
O Nobel de Química foi o terceiro a ser anunciado este ano. Os prêmios nas áreas de Ciência, Literatura e Paz foram entregues pela primeira vez em 1901, seguindo o testamento do empresário inventor do dinamite, Alfred Nobel.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário